Publicado por: horusviana | 06/04/2012

Salvem o presunto da ignorância mossoroense!

Presunto_de_Barrancos

Presunto é um produto alimentar obtido a partir das pernas traseiras do porco, salgado em cru e curado de forma natural. (Fonte: Wikipedia)

Ocasionalmente em Mossoró venho sentindo ameaças à honra do presunto. Hoje foi dado o grito de guerra e empreendida a primeira batalha para salvar a memória deste alimento quase sagrado (na hierarquia dos alimentos, diz-se que o divino é o bacon) e exigir mais respeito dos estabelecimentos mossoroenses na comercialização do mesmo.

Hoje a atendente que me forneceu a iguaria tinha sorrisos lindos, inclusive na versão irônica.

Pois quando eu digo presunto, subentende-se que é suíno e sempre foi. No máximo, eu digo se quero com/sem capa, ou se é Sadia ou qualquer outro. Por outro lado, se eu peço “presunto de peru”, estou pedindo uma variação moderna do produto.

Não em Mossoró. Notei duas vezes indo ao supermercado que ao pedir presunto recebi de peru. Outra vez vasculhei a vitrine cheia de presunto genérico e perguntei se não tinha Sadia. A resposta:

“SÓ TEM SUÍNO”. Como quem diz “desculpa, só sobrou suíno” Então hoje entrei na fila premeditado pra pedir 300 gramas de queijo e 300 de presunto. Segue o diálogo:

Atendente: “Pronto.” (Outra mania de Mossoró dizer “pronto”).

Eu: “Por favor, quero 300 gramas de mussarela e 300 de presunto.” A atendente pega o queijo já fatiado, pesa, me entrega e olha para os presuntos suspeitos também já fatiados. Estica a mãozinha…

Eu: “Não, eu não quero presunto de peru, quero presunto comum. Suíno”

Atendente: “Mas o presunto comum é o presunto de peru. Presunto é feito de peru.”

Eu, em pensamento: “CALABOCA SERVIÇAL, EU CONHEÇO PRESUNTO E EU MANDO AQUI.”

Eu, educado mas nervoso, destesto bate-boca: “Não é, o presunto original é feito da pata traseira do… porco". Quase eles estão me persuadindo a trocar os bichos mas permaneço no caminho da verdade.

Atendente: “Ahé…????”

coringa

Sorriso irônico.

Acho que não convenci, e terei de voltar. Vou levar uma foto de um Pata Negra, que não é qualquer mortal que já comeu (nem viu um) e convencer os mossoroenses que presunto de peru é o resto do peru que não se vendeu no Natal e deram destino. Ou como ouvi, que o presunto de peru demora 3 dias para ser digerido.

Presunto_de_Chaves 

Estou certo quer não vim aqui trabalhar por acaso, existe uma missão muito mais profunda. Eu vim trazer a luz.

Anúncios

Responses

  1. Que choque cultural é esse Vi?!?! hsuahsua Por algum motivo, conhecido ou desconhecido, seja qual for, o povo mossoroense não tem acesso ao seu conhecido presunto! O que é conhecido aqui por você difere dai Viii!!! Um antropologo diria que é preciso se inserir na cultura, porém, nao tentar modifica-la, pois cada um tem jeito e sua forma de estar no mundo, e é preciso respeitar. kkkkkkkk
    Adoro suas criticas!!! Vc deveria fazer artigos, o que acha?!?! 🙂

  2. Me responda, como é a mortadela e o salame daí? É feito do quê? Estou curioso, envie-me fotos deles.kkkkk


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: