Quem sou

Natural de Campos-RJ, 21 anos. Estudante de Engenharia de Produção na Universidade Cândido Mendes nesta mesma cidade e formando em técnico de Segurança do Trabalho pelo CEFET Campos. Fiz o ensino médio na EPCAR de onde trago muitas amizades, lembranças e uma experiência de vida fora de sério, mas foi cada pedacinho da vida que me faz o que eu sou hoje, desde lá do Colégio Eucarístico, do E. Campista, CEFET. Melhor, vem de berço…

Tenho grande interesse pela informática e também pela liberdade e desenvolvimento que as letras proporcionam e por isto me ponho a escrever, e espero agradar.
Desenvolvo, junto com a Gabi (formalidades pra quê?) e imensamente apoiado pelo prof. Dalessandro um projeto de Iniciação Científica Intitulado “Técnicas de Otimização Combinatória Aplicadas na Resolução dos Problemas da Região Norte-Fluminense” em que nos apoiamos sobre a programação, e nas horas vagas cada vez mais raras apenas curto meu proprio PC, bate papo, filmes e musicas. E na eterna guerra contra os defeitos de umas velhas máquinas também tenho certo trabalho, digamos, recompensador.

Tenho um grande sonho que é ser engenheiro, felizmente estou no caminho; mas não estarei satisfeito porque sou muito curioso e como diz o meu avô, “saber não ocupa espaço”. No mínimo eu devo recompensar o mundo pelo espaço que eu ocupo nele. Fora isso tenho outros sonhos, entre eles viver, sem me mudar, num país que me dê orgulho; tenho neste a mesma fé que depositei no primeiro.

Bons momentos eu cultivo com pessoas; amo minha família, meus amigos, minha religião, minha razão, meus delírios.

————————————————————————————————————————————————-

Bom, esse momento já passou. Hoje larguei a falida missão de salvar x86’s com 100MB de RAM da prefeitura, larguei o técnico por uma causa mais nobre, cuja consequencia foi o não cumprimento dessa causa. O ITA continua bem sem mim, obrigado. Hoje eu fico com a ‘inseguranca  do trabalho’, que até é estável, mas eu sou medroso pacaraca.

Continuo com POs, Dalessandros, Gabrielas, mas a praia é uma tal de monografia que quem conhece sabe o cão que é, e me perguntaria porque eu ainda escrevo blog (porque eu não cortei os pulsos em astericos, é a mesma pergunta).

Ocupo ainda o mesmo espaço no mundo, e se tem uma notícia boa, é que as minhas calças andam caindo. A má é que minha pança também…

Estou quase engenheiro, e mostro uma carteirinha por aí com os dizeres “Voluntário- Engenharia de Produção”, o que significa que ainda não ganhei um tostão com essa p*, mas o futuro sempre foi uma agradável caixinha de surpresa… no fundo ser engenheiro é se esconder atrás de um tontilhão de EAP, WBS (a mesma coisa de EAP), Logística, O&M, SAP, OPT, AHP, JIT, QFD, Cálculo Diferencial e Infernal I, II, III, IV… e garanto que sei tudo isso!

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: